Macbook, macdog, mé que pode?

Luna morre de ciúme do meu computador. É eu abrir o bicho e ela começa a saltar feito louca, azunhar minhas pernas, morder e arrancar o cabo de força, latir – e olha que ela não late quase nunca, às vezes até parece muda… Daí sobe no sofá e deita no meu colo com a cabeça sobre o teclado, empurrando o notebook e me olhando com aquela cara pidona do Gato de Botas do Shrek.

No começo eu cedia ao seu charme de bebê canino, mas agora entendo que minha filha se converteu em uma manipuladora ardilosa, que de todas as maneiras tenta chamar minha atenção para não apenas ganhar um afago, ou que eu lance um brinquedo à distância e ela possa desembestar a mil pela casa em sua busca. Isso não lhe basta: Luna quer mesmo é minha devoção. Quer que eu esteja sempre a seu serviço, disponível a qualquer hora. Que atenda ao mínimo grunhido, que corra 50 km ao seu lado, que não me importe com a fixação oral que lhe faz morder tudo e todos freneticamente, que a carregue no colo e lhe abrace e aperte e lhe mate de amor.

Ok, confesso que essa última parte é legal. Sou meio Felícia (Elmyra, Elvira) mesmo, e adooooooro apapachar – em espanhol significa algo como dar carinho, dengar – a chiquita. Mas pô, também sou doente pelos meus gadgets, né? Como faço para a cachorra e o laptop coabitarem em paz?

Luna 1 x 0 computador

Luna 1 x 0 computador

Anúncios

Diga lá!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s